Pular para o conteúdo principal

Parc des Buttes Chaumont: articialmente lindo

Parc des Buttes Chaumont, Paris

Construído no local de uma antiga mina de gypsita, o Parc des Buttes Chaumont foi inaugurado em 1867, ao mesmo tempo que a Exposition Universelle du Champs de Mars.
Com a colaboração do jardineiro Barillet-Deschamps, do arquiteto Davioud e do engenheiro Belgrand, Jean-Charles Alphand metamorfoseou o lugar construindo um lago e uma gruta decorada com falsas estalactites, cachoeiras, riachos e mesmo uma ponte pênsil. Sem falar da réplica do templo de Sybilla de Tivoli, construída em 1869.


O Buttes Chaumont é o mais íngreme e um dos maiores dos 426 jardins de Paris (antes estão os Jardins des Tuileries e o Parc de La Villette). Com sua paisagem rica e variada e sua concepção irregular temos aqui um jardim muito diferente dos ditos "à la française".
Lugar ideal para um passeio tranquilo, um descanso nos gramados imensos mas também para caminhadas e corridas (um dos melhores lugares dentro de Paris). Muito frequentado pela comunidade chinesa do bairro, aulas gratuitas de Tai Chi e Qi Gong agora são tradição. 

Parc des Buttes-Chaumont, Paris
Parc des Buttes-Chaumont, Paris
 
Parc des Buttes-Chaumont, Paris
Parc des Buttes-Chaumont, Paris
Vista para o Sacré-Coeur - Parc des Buttes-Chaumont, Paris
Vista para o Sacré-Coeur - Parc des Buttes-Chaumont, Paris


Um dos lugares mais agradáveis da cidade: paisagem riquíssima, ruído de água caindo e nada de turistas em bandos. Me sinto realmente em casa neste parque, falo que é o meu quintal por passar uma grande parte do meu tempo por lá. É onde vou caminhar, correr, ler deitada na grama ou tomar um café no terraço do Pavillon du Lac ou no Rosa Bonheur.

Parc des Buttes Chaumont
Como chegar de metrô: linha 7bis /  Buttes Chaumont ou Botzaris
Site Paris.fr
***
#PorPerto
  • Bem pertinho, pra não dizer grudado ao parque, fica um dos lugares mais pitorescos e escondidos da cidade. Saiba mais aqui.

Comentários

Postar um comentário

Sugestões e comentários são bem-vindos !